Mês do Orgulho LGBT acabou, mas o ator não para.

Tom Holland já se tornou o Homem-Aranha mais popular entre os fãs do personagem, e, apesar de parecer que Peter Parker e MJ (Zendaya) vão dar um passo a frente em seu relacionamento e ficarem juntos em Homem-Aranha: Longe de Casa, o ator deixou claro que está aberto para que o personagem seja gay. Em entrevista ao The Sunday Times, Holland também concorda com o fato de que o Universo Cinematográfico Marvel precisa de mais personagens LGBT, o mais rápido possível.

Respondendo a pergunta se concordaria com seu personagem saindo do armário, ele falou: “Claro, com certeza. Eu não posso falar sobre o futuro do personagem porque honestamente, eu não sei e está não está nas minhas mãos. Mas eu sei bastante sobre o futuro da Marvel, e eles vão começar a representar várias pessoas diferentes nos próximos anos. O mundo não é tão simples como um homem hétero e branco. Não para por aí, e estes filmes precisam representar mais do que um tipo de pessoa.”

O produtor e criador do UCM, Kevin Feige, já havia comentado sobre a necessidade dos filmes representarem a comunidade LGBT, dizendo: “Não estamos tímidos em dizer que está vindo, e que teremos heróis LGBT proeminentes no futuro.” Um dos grandes rumores é que tal herói será introduzido em Os Eternos, que terá Richard Madden, Angelina Jolie e Kumail Nanjiani.

Peter Parker pode não ser gay, mas o reconhecimento, principalmente falado por vozes tão relevantes da Marvel, é importante para quem não se sente representado pelos filmes, que anualmente são as maiores produções nos cinemas. Longe de Casa chega nas telonas dia 4 de julho.